Fale com um
Especialista!
(11) 5052-1000 Whatsapp
Neo Vita - Reprodução Humana e Saúde Reprodutiva Agende sua Consulta

Endometriose e gravidez: o que você precisa saber sobre o tratamento para engravidar

Endometriose e gravidez: o que você precisa saber sobre o tratamento para engravidar

Endometriose é uma condição inflamatória onde ocorre o crescimento anormal do endométrio fora do revestimento uterino, causando muitas dores na região pélvica, interferindo na saúde mental, social e no bem-estar da mulher. Você já parou pra pensar que além dos sintomas e interferir na qualidade de vida, a doença também pode afetar a sua fertilidade?

Por que endometriose causa infertilidade?

A doença é a maior causa de infertilidade feminina, mas tratamentos são capazes de reverter esta condição. Cólica intensa, dispaurenia, e dificuldade ao urinar e evacuar no período menstrual, são indícios de endometriose. De acordo com os dados da Comissão Nacional de Endometriose da FEBRASGO, a doença atinge uma em cada dez brasileiras em idade reprodutiva.

Em pacientes com endometriose, quando o endométrio começa a crescer em locais como tubas e ovário, há inflamação e como consequência, um processo espontâneo de cicatrização, gerando mudanças anatômicas que impedem o funcionamento das tubas uterinas, responsáveis pelo encontro do espermatozoide e óvulo para fecundação.

Além disso, o crescimento e desenvolvimento do folículo para a produção do óvulo (foliculogênese) é prejudicada. Deste modo, pode haver uma alteração na qualidade dos óvulos. O aumento do número de células inflamatórias no fluido peritoneal não só danifica os óvulos e os espermatozoides, mas também têm mostrado ter efeitos tóxicos sobre o embrião.

Por fim, enzimas antioxidantes e radicais livres presentes no endométrio de pacientes com endometriose, apresentam um efeito negativo sobre a implantação do embrião. Apesar da endometriose dificultar a gestação, a doença tem tratamento e sim existe a possibilidade de engravidar.

Tratamento para engravidar

As pacientes inférteis com quadro de endometriose moderada a grave, apresentam baixas taxas de gestação após o tratamento de Fertilização in vitro (FIV). Sendo assim, o tratamento laparoscópico da endometriose tem sido associado a uma significativa melhora nas taxas de gravidez.

A FIV é o tratamento mais eficaz para endometriose moderada a grave, particularmente se não há restauração da fertilidade pela cirurgia de videolaparoscopia. Contudo, é muito importante uma avaliação completa com nossos especialistas para receber a conduta médica adequada.

Crédito: Staras / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

 

 

 

 

 

 

 

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital