(11) 5052-1000
Neo Vita - Reprodução Humana e Saúde Reprodutiva

Resp Técnico: Dr. Fernando P. Ferreira

CRM-SP: 103.984 | RQE: 39.163.1

Entenda a importância da histeroscopia diagnóstica no tratamento contra infertilidade

Motilidade progressiva: entenda como funciona o exame de espermograma

A histeroscopia diagnóstica é um exame ginecológico que tem como objetivo a visualização interna do útero para auxiliar o médico no diagnóstico de possíveis feridas, adesões, pólipos, tumores e outras anormalidades.

Exame um pouco mais invasivo, às vezes exige sedação, também oferece grande oportunidade de se conhecer o interior da cavidade uterina. Geralmente feita em conjunto com a laparoscopia para examinar visualmente o interior da cavidade uterina

Deste modo, o exame deve ser realizado na primeira quinzena da menstruação, pois é quando o útero ainda não está se preparando para receber uma possível gravidez, facilitando a observação das lesões.

A importância do exame no tratamento contra infertilidade

Normalmente o exame é indicado para descobrir causas de infertilidade. Como, por exemplo, sangramento uterino anormal e alterações no útero que estão relacionadas a seu tamanho ou forma.

É realizada antes do tratamento de Fertilização in vitro (FIV) quando apresenta suspeitas de alterações uterinas. Estas alterações podem ser um mioma uterino submucoso ou pólipo endometrial. Vale a pena investigar também quando a mulher apresentar sangramento anormal, abortos e falhas no tratamento de FIV

A equipe clínica da Neo Vita é especializada pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia) e pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – Escola Paulista de Medicina (EPM).

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital

Fale por Whatsapp