(11) 5052-1000
Neo Vita - Reprodução Humana e Saúde Reprodutiva

Resp Técnico: Dr. Fernando P. Ferreira

CRM-SP: 103.984 | RQE: 39.163.1

Sangramento após FIV e Beta positivo: minha gravidez pode estar em risco?

Infertilidade 25/03/2020

Durante o tratamento de fertilização in vitro (FIV) o casal passará por uma série de etapas, desde a realização de exames que avaliarão o potencial fértil do homem e da mulher, estimulação ovariana, coleta dos óvulos e sêmen, fertilização dos ovócitos com os espermatozoides até a etapa de transferência dos embriões.

A partir da transferência de embriões, o progresso da FIV dependerá exclusivamente da receptividade do útero ao embrião, que pode ou não permitir a implantação e, consequentemente, a gravidez. A implantação por sua vez, começa no sexto dia do desenvolvimento embrionário.

Sintomas de implantação do embrião

Existem alguns sintomas/ sinais que podem ajudar a identificar se o tratamento teve sucesso após a transferência dos embriões. Porém a melhor forma de saber é pelo acompanhamento do médico especialista em reprodução assistida, que vai avaliar a evolução do caso. Entretanto o sangramento após a FIV nem sempre é considerado um risco, dependerá da quantidade e espessura do sangue.

É considerado gravidez após a realização do teste de gravidez com o resultado positivo. No entanto, após a transferência de embriões são comuns alguns sintomas que podem indicar um quadro positivo para implantação, assim como:

Cólicas: Pelo fato do embrião estar penetrando cada vez mais fundo no endométrio é comum que a mulher sinta leves cólicas e incômodos durante esse processo;

Tonturas: Também podem vir a ocorrer devido à dilatação dos vasos sanguíneos que resulta na queda da pressão arterial, apresentando quadros de vertigens principalmente matinais.

Sangramento: Em pequena quantidade se apresentando como borra de café, com espessura mais rala que o sangue menstrual

Nem todas as mulheres sentem estes sintomas de forma igual e no mesmo período. Algumas podem demorar a sentir como também não sentir nada, afinal cada corpo e organismo reage da sua maneira. Isso significa que, mesmo que esses sintomas sejam observados pela paciente, eles não garantem a certeza da gestação. Por outro lado, se for identificado sintomas como hemorragias ou dores abdominais muito fortes, a paciente deve procurar o auxílio do especialista em reprodução humana que está acompanhando o caso.

No entanto, a melhor forma de se ter certeza que a implantação deu certo e ocorreu gestação é realizando o teste de Beta hCG 12 dias após a transferência dos embriões e acompanhar a sua evolução através do controle hormonal (Beta HCG) e posteriormente o exame de ultrassom obstétrico.

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital

Fale por Whatsapp