Fale com um
Especialista!
(11) 5052-1000 Whatsapp
Neo Vita - Reprodução Humana e Saúde Reprodutiva

Resp Técnico: Dr. Fernando P. Ferreira

CRM-SP: 103.984 | RQE: 39.163.1
Agende sua Consulta

Muco cervical hostil: veja como funciona o tratamento

Saúde feminina 28/08/2019
Muco cervical hostil: veja como funciona o tratamento

O que é muco cervical hostil?

O muco cervical é responsável em ajudar o espermatozoide a sobreviver no útero e alcançar o óvulo em uma das tubas uterinas. O muco consiste em um fluído produzido pelo sistema reprodutor feminino, o muco quando se aproxima da ovulação torna-se elástico, transparente, facilitando a locomoção do espermatozoide e tornando o ambiente mais receptivo para que continuem vivos e aumente as chances de fertilização. No entanto, quando se fala em muco cervical hostil, sabe-se que o muco apresenta-se diferente do normal, com ph ácido e denso, o que prejudica a motilidade dos espermatozoides, podendo causar a morte destes. As causas de sua hostilidade podem ser diferentes, porém causa o mesmo problema para a fecundação.

Entre os fatores que incidem nas alterações do muco cervical, estão:

  • Cicatrizes ou infecções
  • Má formação na cavidade uterina
  • Presença de anticorpos anti-espermatozoide no muco
  • Consumo de medicamentos específicos
  • Alterações hormonais
  • Miomas

Como é realizado o diagnóstico?

Para diagnosticar o muco cervical hostil, é preciso fazer um exame denominado de pós coito, ou seja, pós relação sexual. Neste exame é avaliado se existem espermatozoides vivos dentro da cavidade uterina da mulher e quais são as condições do muco cervical. No entanto, este exame é antigo e ultrapassado. É feito sob condições fora do ideal. Também muito comum encontrarmos 100% de espermatozoides mortos, já que os melhores espermatozoides já subiram pelo colo do útero e não estão mais na vagina ou na entrada do colo. Deste modo, o espermograma é muito mais importante bem como avaliação dos fatores femininos.

Como tratar o muco cervical hostil?

Para tratar o muco cervical hostil, é recomendado que a paciente tenha um consumo de água adequado todos os dias, cerca de dois litros, para que melhore a hidratação do organismo e a qualidade do muco. É indicado também, uma alimentação balanceada e rica em legumes, verduras e frutas. Quando a alteração do muco estiver relacionada à inflamações e infecções, indica-se cuidados com a higiene íntima, uso de calcinhas de algodão, produtos com ph neutro e antibióticos.

No entanto, para o casal que sofre de infertilidade, pode optar por escolher os tratamentos de reprodução humana assistida. Entre eles temos a Inseminação intrauterina, que consiste na coleta do sêmen, preparo da amostra do parceiro (contendo somente espermatozoides móveis) e a injeção direta na cavidade uterina, reduzindo o percusso para que ocorra de fato a fertilização. A Fertilização in vitro, no qual os gametas do casal são coletados e fertilizados dentro do laboratório também é uma opção, visto que somente o médico especialista poderá indicar o tratamento após ter sido diagnosticado o casal.

Crédito: SvetaZi / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital