Fale com um
Especialista!
(11) 5052-1000 Whatsapp
Neo Vita - Reprodução Humana e Saúde Reprodutiva

Resp Técnico: Dr. Fernando P. Ferreira

CRM-SP: 103.984 | RQE: 39.163.1
Agende sua Consulta

Saiba como a indução de ovulação pode ser útil para a inseminação

Saiba como a indução de ovulação pode ser útil para a inseminação

A Inseminação Intrauterina (IIU) consiste em melhorar a capacidade dos espermatozoides em laboratório para injetá-los no útero. Antes do procedimento a paciente passa pela indução da ovulação. O tratamento é utilizado nos casos em que há redução na concentração/ motilidade dos espermatozoides impossibilitando o casal de engravidar. Deste modo, a indução de ovulação é uma técnica complementar ao tratamento de inseminação intrauterina. No tratamento, na maioria das vezes, é necessário uma maior produção de óvulos para que aumente as chances de sucesso. O normal é que a mulher libere apenas um óvulo a cada ciclo (período fértil). Entretanto, os indutores de ovulação são utilizados para estimular mais essa liberação.

Como é realizado a indução da ovulação?

O processo de indução de ovulação é realizado com o uso de injeções subcutâneas. São gonadotrofinas que agem diretamente nos folículos dos ovários, o local onde o óvulo é desenvolvido. A dosagem da medicação certamente varia de acordo com cada caso. Pode variar dependendo da idade da mulher, número de folículos ovarianos, peso e altura. Durante o uso dos indutores, o médico especialista acompanha o crescimento folicular por meio de ultrassonografias seriadas. O primeiro acompanhamento é realizado do 1º ao 3º dia do ciclo menstrual, onde o médico avalia os ovários e útero da paciente para dar início ao ciclo. O ciclo inicia com a primeira aplicação de medicação e após cinco dias é realizado ultrassons em dias alternados até o momento da ovulação.

Duração do estímulo ovariano

A maior parte dos indutores de ovulação são aplicados entre 8 a 12 dias, de acordo com o ciclo menstrual da mulher. Quando os folículos estão em tamanho adequado, é aplicado o hormônio hCG, que é responsável pelo desencadeamento da ovulação em até 36 horas.

Efeito adverso das medicações indutoras da ovulação

Geralmente, o desconforto que mais observamos em nossas pacientes é o inchaço devido aos hormônios injetáveis, mas também pode acontecer de ter um desconforto abdominal, cólicas leves, dor nas mamas e de cabeça.

Indicações para o tratamento de Inseminação Intrauterina

O uso da Inseminação Intra-uterina está indicado nos casos de:

  • Infertilidade sem causa aparente (apresentando tubas uterinas íntegras e no homem, apresentando uma concentração de 5 milhões sptz no mínimo);
  • HIV em casais sorodiscordantes (em que o parceiro é HIV + e a parceira não é);
  • Fator cervical;
  • Dispareunia grave;
  • Incapacidade de ter uma relação sexual satisfatória.

As taxas mais altas de gravidez na IIU ocorrem quando há mais de 10 milhões de espermatozoides móveis no ejaculado. A IIU raramente é eficaz e não indicada quando o total de espermatozoides móveis ejaculados forem inferior a 5 milhões de sptz/ml.

Crédito: Milos Dimic / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

 

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital