Fale com um
Especialista!
(11) 5052-1000 Whatsapp
Neo Vita - Reprodução Humana e Saúde Reprodutiva Agende sua Consulta

Obtenção de espermatozoides

Existem várias técnicas para obtenção de espermatozoides. A partir dessas técnicas tornou-se possível a gestação para homens com ausência de espermatozoides no ejaculado. É realizado uma combinação da técnica de injeção intracitoplasmática do espermatozoide (ICSI) com umas das técnicas de recuperação de espermatozoides.

Azoospermia tem como definição, ausência de espermatozoides no liquido seminal após centrifugação de todo o material ejaculado.

AZOO= ausência
SPERMIA = espermatozoides

Azoospermia obstrutiva:

  • Há produção de espermatozoides nos testículos, porém os espermatozoides não conseguem alcançar o ejaculado. Neste caso o problema seria de condução/ transporte de espermatozoides.
  • Realiza a obtenção de espermatozoides Epididimários.

Principais Indicações:

  • Homens Vasectomizados
  • Homens com agenesia bilateral de deferentes

PESA (Aspiração percutânea de espermatozoides epididimários)

Os espermatozoides do epidídimo (glândula situada dentro da bolsa escrotal logo acima e colada ao testículo) são obtidos principalmente pela aspiração percutânea de espermatozoides epididimários (PESA) com agulha fina, precedida de anestesia
local.

MESA (Aspiração microcirúrgica de espermatozoides epididimários)
O princípio da MESA é o mesmo da PESA), ou seja, aspirar fluido epididimário. Entretanto, ao contrário da PESA, onde a abordagem é percutânea, na MESA a abordagem é aberta e emprega-se microcirurgia.

Azoospermia não obstrutiva: Testículo produz pouco ou não produz espermatozoides.
Neste caso realiza a obtenção de espermatozoides testiculares

Principais Indicações:

  • Homens com azoospermia não obstrutiva
  • Homens com azoospermia obstrutiva porém com
  • falha na aquisição de espermatozoides por PESA / MESA

Os espermatozoides dos testículos podem ser obtidos de duas formas: uma biópsia (TESE – Extração de espermatozoides testiculares) ou uma aspiração com agulha fina (TESA – Aspiração de espermatozoides testiculares), ambas precedidas de anestesia local.

Existem casos de azoospermia em que a retirada cirúrgica dos espermatozoides dos testículos é feita por uma microcirurgia – o testículo é vasculhado sob visão microscópica para encontrar os espermatozoides – técnica denominada Micro TESE, significa microdissecção de espermatozoides testiculares. Esse é um procedimento mais demorado e requer anestesia de bloqueio pois pode demandar um tempo para encontrar os espermatozoides.

Contudo, avaliação do médico especialista para definir qual é o tipo de azoospermia e mais os resultados laboratoriais, como o espermograma com processamento seminal, são imprescindíveis para a escolha da técnica a ser realizada.

agende uma consulta
com um especialista!

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital